domingo, 30 de dezembro de 2012

- tu.

desculpa não ter percebido antes, queria tanto que ainda sentisses o mesmo, que ainda fossemos como antes. és o meu maior sonho... falta um dia para o ano novo e só gostava de o passar contigo. estou cansada, cansada de me aperceber que já não vale a pena lutar, que já não queres saber se deixas de me responder, que já não me avisas quando não podes falar, que não és querido comigo porque tens medo de me dar esperanças, mas o que tu não sabes é que eu precisava disso para continuar, que já não sei o que fazer, nem o que te dizer. leio e torno leio todas as mensagens do passado, porque tu não te prendes a ele, mas eu, eu sinto falta, sinto a tua falta. mais uma vez, é só um texto, um texto que nunca irás ler, um texto que nunca saberás que existe e se soubesses não saberias o que me dizer...
dizes que não tens maturidade, mas tu não sabes o quanto maturo és, não sabes como em cada palavra que eu gostava que me magoasse me faz apaixonar um pouco mais por ti, não tens noção das palavras que dizes, és um príncipe e um grande Homem com H grande. Tu sabes como tratar uma princesa, como agir e dizer coisas encantadoras, tens o sorriso mais bonito do mundo, e o olhar mais misterioso também. eu adoro-te, obrigado por me fazeres sorrir, por me fazeres sentir única, por seres como és, tenho imenso orgulho em ti, nunca te esqueças disso.

2 comentários:

Pedro Resende disse...

Sim eu a ler um texto teu! :P
e esta lindo! :)

Pedro Resende disse...

Sim, eu a ler um texto teu!:P
Esta lindo! :)